• Dim Propaganda

O futuro do trabalho é para ontem.


Quem acompanha nossas publicações sabe que a filosofia de trabalho da Dim é a Make It Deep. E uma das traduções dela é a imersão no comportamento de consumo para desvendar tendências, aproveitar oportunidades e alavancar negócios.


No ano passado, ajudamos um dos nossos clientes a criar um novo business. Um desafio e tanto, que passou por um estudo profundo sobre as novas formas e configurações: o já famoso “Futuro do Trabalho”. Foram centenas de horas dedicadas a pesquisa, conversas, workshop, visitas, benchmarks e dinâmicas. Tudo para tangibilizar um novo produto, que se conectasse com o que as pessoas entendiam sobre a nova forma de trabalhar.


À época, não imaginávamos a aceleração desse futuro pela pandemia. Mas o sentimento extraído de cada troca estava ali e apontava, antecipadamente, para drives que nos ajudariam neste momento.


Se tivéssemos que elencar um TOP 5, este seria:

- Comunidade: todos queremos pertencer, trocar. Independentemente se de forma física ou virtual, somos alimentados por essas trocas e pelo senso de pertencimento.


- Mood empreendedor: não é sobre ser dono de uma empresa, e sim sobre liderar a própria jornada, com poder e responsabilidade, para tomar decisões e lidar com os resultados.


- Tecnologia potencializadora: a inovação como forma de acelerar negócios. O senso de escala mudou, e multiplicadores são cada vez mais necessários.


- MTP (Massive Transformative Purpose): um significado, uma causa, um propósito que inspire e seja aspiracional. E o nosso engajamento com o dia a dia profissional depende disso.


- Diversidade: equipes heterogêneas produzem pluralidade. É da mistura que vem a solução e o crescimento mútuo. Além de ser uma obrigação das corporações para com a humanidade.


Olhando para tudo isso, vemos a palavra que salta aos olhos e grita nos ouvidos: FLEXIBILIDADE.


Não é tão simples quanto adotar o home office de maneira definitiva.

É ter um modelo de jornada flexível para as trocas e também para a satisfação pessoal. É ter mais ambientes que tragam senso de proximidade, comunidade, empreendedorismo por meio da tecnologia, do propósito e da diversidade. É ser cada vez mais humano, sendo cada vez mais profissional.


A Dim está preparada para ajudar as marcas na conexão com seus stakeholders. Porque não existe combinação melhor que estratégia e criatividade para fazer isso.



20 visualizações0 comentário