nau

#navegando rumo ao futuro

Procurar formatos de coworking que deram certo em outros países e replicá-los no Brasil é sempre o caminho mais fácil. Mas os idealizadores da Nau e a Dim queriam um negócio que tivesse o Brasil no DNA. 

nau-img.jpg
nau-detalhe.png

Modelagem do negócio e branding do coworking que tem o empreendedorismo brasileiro na veia.

 O Sprint

Ao contrário do que costuma acontecer, o desafio aqui não era uma campanha institucional, de posicionamento ou de lançamento de um produto ou serviço. Era de cocriação. Por isso, começamos com um workshop, em que os inputs estratégicos e criativos vinham do cliente e da agência. 

  

O que o mercado já oferecia? Quais os pontos negativos dos formatos que estavam disponíveis? O que o empreendedor estava demandando e que não era entregue? Horas e horas de pesquisa e um estudo aprofundado de tendências nos deram as respostas. 

redes.jpg

A modelagem

de negócios

Criamos um modelo proprietário, que leva em conta a geolocalização, a cultura da cidade sede e, principalmente, a personalidade e o jeito de pensar do empreendedor brasileiro. Um espaço plural, onde empresas e pessoas diferentes convergem para fazer networking e aprender em conjunto com uma comunidade engajada. E que, além disso, trabalha pela revitalização do lugar.

Mobiliário_Urbano.jpg

A Construção do Branding

Participar da concepção do negócio foi fundamental para deixar a construção do branding ainda mais orgânica e natural. Foi assim que criamos desde o nome, passando pela identidade visual e pelo tom de voz, e chegando a cada detalhe de cada ponto de contato com os clientes. 

bg-anuncio.jpg